Dez novas cidades integram o 50 telhados

O 50 telhados terá a adesão de dez novas cidades, que vão investir em energia solar fotovoltaica. Com isso, o projeto alcança 27 municípios, superando em sete a meta para 2014, estabelecida pelo Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas na América Latina (Ideal).

As novas cidades participantes são: Chapada dos Guimarães (MT); Salvador (BA); Lauro de Freitas (BA); Camaçari (BA); Feira de Santana (BA); Mata de São João (BA); Lençóis (BA), Cairu (BA), Novo Hamburgo (RS) e Porto Alegre (RS).

Pelo projeto, cada cidade precisa ter pelo menos 50 telhados fotovoltaicos em 24 meses (ou 100 kWp de potência total), instalados por empresas participantes. A execução das instalações nesses municípios ficará a cargo das empresas SonnenBauhaus, na Chapada dos Guimarães, Axitec, nos municípios baianos, e Energia Própria, nas cidades gaúchas.

O 50 telhados foi criado em 2013, pela empresa mineira Econova. Em novembro do ano passado, o Instituto Ideal assumiu a coordenação do projeto. A intenção era atingir pelo menos 20 participantes, o que totalizaria mil telhados solares até 2015.

Ao que tudo indica, a meta será superada. “Em seis meses, o Instituto Ideal superou a meta de cidades que tinha para o ano”, comemora Paula Scheidt, gerente de projetos do Instituto Ideal.

Com as novas integrantes, o Estado da Bahia conquista o maior número de participantes do 50 telhados, com sete cidades, sendo seguido pelo Rio Grande do Sul, com cinco cidades.

Como participar

Qualquer empresa de engenharia e instalação de sistemas fotovoltaicos conectados à rede elétrica pode participar como empresa executora, basta atender a alguns critérios e conseguir a aprovação do Ideal. Instituições públicas e prefeituras também podem contribuir, reforçando o apoio ao projeto em canais de comunicação com os cidadãos, por exemplo.

Outras informações na página do 50 telhados.

Novos municípios do 50 telhados

Cidade                                               Empresa executora
Chapada dos Guimarães (MT)            SonnenBauhaus
Cairu (BA)                                            Axitec
Camaçari (BA)                                     Axitec
Feira de Santana (BA)                         Axitec
Lauro de Freitas (BA)                          Axitec
Lençóis (BA)                                        Axitec
Mata de São João (BA)                        Axitec
Salvador (BA)                                       Axitec
Novo Hamburgo (RS)                            Energia Própria
Porto Alegre (RS)                                 Energia PrópriaO 50 telhados terá a adesão de dez novas cidades, que vão investir em energia solar fotovoltaica. Com isso, o projeto alcança 27 municípios, superando em sete a meta para 2014, estabelecida pelo Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas na América Latina (Ideal).

As novas cidades participantes são: Chapada dos Guimarães (MT); Salvador (BA); Lauro de Freitas (BA); Camaçari (BA); Feira de Santana (BA); Mata de São João (BA); Lençóis (BA), Cairu (BA), Novo Hamburgo (RS) e Porto Alegre (RS).

Pelo projeto, cada cidade precisa ter pelo menos 50 telhados fotovoltaicos em 24 meses (ou 100 kWp de potência total), instalados por empresas participantes. A execução das instalações nesses municípios ficará a cargo das empresas SonnenBauhaus, na Chapada dos Guimarães, Axitec, nos municípios baianos, e Energia Própria, nas cidades gaúchas.

O 50 telhados foi criado em 2013, pela empresa mineira Econova. Em novembro do ano passado, o Instituto Ideal assumiu a coordenação do projeto. A intenção era atingir pelo menos 20 participantes, o que totalizaria mil telhados solares até 2015.

Ao que tudo indica, a meta será superada. “Em seis meses, o Instituto Ideal superou a meta de cidades que tinha para o ano”, comemora Paula Scheidt, gerente de projetos do Instituto Ideal.

Com as novas integrantes, o Estado da Bahia conquista o maior número de participantes do 50 telhados, com sete cidades, sendo seguido pelo Rio Grande do Sul, com cinco cidades.

Como participar

Qualquer empresa de engenharia e instalação de sistemas fotovoltaicos conectados à rede elétrica pode participar como empresa executora, basta atender a alguns critérios e conseguir a aprovação do Ideal. Instituições públicas e prefeituras também podem contribuir, reforçando o apoio ao projeto em canais de comunicação com os cidadãos, por exemplo.

Outras informações na página do 50 telhados.

Novos municípios do 50 telhados

Cidade                                               Empresa executora
Chapada dos Guimarães (MT)            SonnenBauhaus
Cairu (BA)                                            Axitec
Camaçari (BA)                                     Axitec
Feira de Santana (BA)                         Axitec
Lauro de Freitas (BA)                          Axitec
Lençóis (BA)                                        Axitec
Mata de São João (BA)                        Axitec
Salvador (BA)                                       Axitec
Novo Hamburgo (RS)                            Energia Própria
Porto Alegre (RS)                                 Energia PrópriaO 50 telhados terá a adesão de dez novas cidades, que vão investir em energia solar fotovoltaica. Com isso, o projeto alcança 27 municípios, superando em sete a meta para 2014, estabelecida pelo Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas na América Latina (Ideal).

As novas cidades participantes são: Chapada dos Guimarães (MT); Salvador (BA); Lauro de Freitas (BA); Camaçari (BA); Feira de Santana (BA); Mata de São João (BA); Lençóis (BA), Cairu (BA), Novo Hamburgo (RS) e Porto Alegre (RS).

Pelo projeto, cada cidade precisa ter pelo menos 50 telhados fotovoltaicos em 24 meses (ou 100 kWp de potência total), instalados por empresas participantes. A execução das instalações nesses municípios ficará a cargo das empresas SonnenBauhaus, na Chapada dos Guimarães, Axitec, nos municípios baianos, e Energia Própria, nas cidades gaúchas.

O 50 telhados foi criado em 2013, pela empresa mineira Econova. Em novembro do ano passado, o Instituto Ideal assumiu a coordenação do projeto. A intenção era atingir pelo menos 20 participantes, o que totalizaria mil telhados solares até 2015.

Ao que tudo indica, a meta será superada. “Em seis meses, o Instituto Ideal superou a meta de cidades que tinha para o ano”, comemora Paula Scheidt, gerente de projetos do Instituto Ideal.

Com as novas integrantes, o Estado da Bahia conquista o maior número de participantes do 50 telhados, com sete cidades, sendo seguido pelo Rio Grande do Sul, com cinco cidades.

Como participar

Qualquer empresa de engenharia e instalação de sistemas fotovoltaicos conectados à rede elétrica pode participar como empresa executora, basta atender a alguns critérios e conseguir a aprovação do Ideal. Instituições públicas e prefeituras também podem contribuir, reforçando o apoio ao projeto em canais de comunicação com os cidadãos, por exemplo.

Outras informações na página do 50 telhados.

Novos municípios do 50 telhados

Cidade                                               Empresa executora
Chapada dos Guimarães (MT)            SonnenBauhaus
Cairu (BA)                                            Axitec
Camaçari (BA)                                     Axitec
Feira de Santana (BA)                         Axitec
Lauro de Freitas (BA)                          Axitec
Lençóis (BA)                                        Axitec
Mata de São João (BA)                        Axitec
Salvador (BA)                                       Axitec
Novo Hamburgo (RS)                            Energia Própria
Porto Alegre (RS)                                 Energia Própria

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.