Confira gravações sobre trabalhos do Ideal

Quer saber mais sobre os projetos do Ideal? Então confira abaixo o vídeo com o presidente do Instituto, Mauro Passos. Na gravação, Passos traz informações sobre ações como o Programa América do Sol e o Projeto 50 Telhados.

Nesta semana, o Selo Solar, certificação do Ideal para quem utiliza a fotovoltaica, também foi tema de matéria do quadro “Pequenas atitudes, grandes diferenças”, transmitido pela rádio Itapema.

:::::: Ouça a matéria da rádio na íntegra.

Para saber mais, acompanhe nossa Newsletter, fazendo o cadastro no rodapé da página inicial do site do Ideal ou ainda as nossas redes sociais, como o Facebook do Instituto Ideal e o Facebook do América do Sol.

Estudo sobre mercado de geração distribuída fotovoltaica

O Instituto Ideal publica nesta quinta-feira (13) um estudo sobre o mercado brasileiro de geração distribuída fotovoltaica (FV). O levantamento traz resultados de uma pesquisa realizada com instaladores do setor de todo o país. A intenção é compreender como está se desenvolvendo esse mercado, assim como identificar os desafios no processo de conexão à rede de micro e minigeradores FV.

Participaram da pesquisa, realizada por meio de questionário online, 90 empresas cadastradas no Mapa de Fornecedores do Programa América do Sol, do Instituto Ideal. As instituições responderam, entre agosto e setembro de 2014, a 22 questões divididas em quatro seções: o perfil dos instaladores (com base na experiência no ano de 2013), a relação com as distribuidoras, os desafios no processo de conexão à rede e os exemplos positivos das distribuidoras.

Entre os dados levantados está o preço médio cobrado pelas empresas para a instalação de um sistema FV de pequeno porte em 2013. Para as instalações de microgeradores com até 5kWp , o valor médio cobrado pelas 35 empresas que responderam essa questão é R$ 8,69/Wp.

No relacionamento com as distribuidoras, o estudo mostra que a maioria das empresas (64%) enfrentou alguma dificuldade no processo de instalação de um mini ou microgerador FV. Das 58 empresas que relataram dificuldades, 90% afirmam que elas causaram atrasos no cronograma inicial de instalação de um sistema FV conectado à rede.

“A partir do estudo podemos perceber que muitos instaladores e distribuidoras estão em um processo de aprendizagem e adequação ao novo mercado proporcionado pela REN 482/2012”, afirma a gerente de projetos do Ideal, Paula Scheidt.

O estudo foi produzido pelo Instituto Ideal, com o apoio da Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH.  A fim de facilitar futuras comparações de dados, o Instituto Ideal prevê uma nova edição da pesquisa, que deverá ser realizada no primeiro semestre de 2015.

Mais sobre a mini e microgeração

A geração distribuída fotovoltaica vem crescendo desde a entrada em vigor da resolução normativa 482 da Aneel, que estabeleceu os procedimentos gerais para a procedimentos gerais para a conexão à rede de mini e microgeradores. De acordo com o órgão, até o dia 10 de novembro de 2014, eram 234 sistemas fotovoltaicos conectados à rede.

:::: Confira o estudo completo “ O mercado brasileiro de geração distribuída fotovoltaica”.

Mais informações:
Gabrielle Bittelbrun
Assessoria de Comunicação
Instituto Ideal
(48) 3234-1757

Ideal é vencedor do Energy Globe Award

O Instituto Ideal recebeu nesta terça-feira (13) o National Energy Globe Award Brazil 2014 pelo projeto América do Sol, que tem como foco a disseminação da energia solar fotovoltaica. No total, mais de mil projetos de todo o mundo se inscreveram para competir nas categorias nacionais de 161 países do Prêmio Energy Globe Award.

A cerimônia foi realizada durante o Seminário Energia + Limpa, evento promovido pelo Ideal e pela UFSC, em Florianópolis-SC. Na ocasião, o Cônsul Comercial da Áustria no Brasil, Ingomar Lochschmidt, da Advantage Austria (Agência de Promoção do Comércio Exterior da República da Áustria), entregou o certificado à gerente de projetos do Ideal, Paula Scheidt Manoel, responsável pelo América do Sol.

“O Prêmio Energy Globe surgiu em 1999 pelo austríaco Wolfgang Neumann e honra projetos de melhores práticas em sustentabilidade ambiental de todas as partes do mundo”, afirmou o Cônsul. “Orgulhamo-nos, como país, do nosso sucesso em indústrias sustentáveis, tecnologias verdes e um meio ambiente que serve de padrão para muitas partes do mundo. O apoio de Advantage Austria ao Prêmio Energy Globe dá continuidade a esta tradição de sustentabilidade tão central para a Áustria, bem como para os milhões de turistas que visitam nosso país a cada ano”, acrescentou.

O projeto América do Sol, que surgiu em 2008, se tornou um dos principais da organização sem fins lucrativos Instituto Ideal e engloba uma série de ações na área de eletricidade solar. O site América do Sol (www.americadosol.org) concentra diversas informações sobre como adotar a fotovoltaica, além de esclarecer sobre normas da área.

No portal, também estão ferramentas como o Mapa de fornecedores, que facilita a localização de empresas do setor e conta com mais de 300 cadastradas, e o Simulador Solar, que permite o cálculo de potência de um sistema fotovoltaico a ser instalado. Desde o lançamento do Simulador, em março de 2013, foram registradas cerca de 25,6 mil simulações, comprovando o interesse dos brasileiros nesse tipo de energia.

América do Sol também envolve a produção e distribuição de cartilhas gratuitas inéditas sobre a fonte renovável. Outra ação do projeto é o 50 telhados, que te, como objetivo a instalação de pelo menos 50 telhados solares em cada cidade participante, com o apoio de empresas instaladoras.

Para Paula Scheidt Manoel, responsável pelo projeto do Ideal, o prêmio é um reconhecimento ao trabalho que a instituição e seus parceiros vêm desenvolvendo em prol da fotovoltaica. “O América do Sol só chegou aonde chegou porque contamos com o envolvimento de muitas pessoas e de diferentes instituições, que colaboraram fortemente para a consolidação do projeto. Por isso, ele é um exemplo de como as parcerias são importantes para alcançarmos nossos objetivos”, afirmou.

América do Sol é um projeto inédito no Brasil e é realizado com o apoio da Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável, por meio da GIZ e KfW, e do Grupo Fotovoltaica da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Em seus diferentes sub-projetos, teve ainda o apoio de instituições como Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Associação Brasileira de Energia Solar (ABENS) e Grüner Strom Label (GSL), parceiro no Fundo Solar.

O projeto e os premiados dos outros 160 países serão apresentados pelo Energy Globe no dia Mundial do Meio Ambiente nas Nações Unidas (5 de junho). A partir desta data, estarão abertas as inscrições para novos projetos que concorrerão ao Energy Globe Award 2015.

Mais detalhes e inscrições:  http://www.energyglobe.info/.

Outras informações

Gabrielle Bittelbrun
Assessoria de Comunicação – Instituto Ideal (48) 32341757

Energy Globe, Cornelia Kirchweger , T +43-7617-2090-30 [email protected]

Advantage Austria São Paulo, T +55-11-30449944 SaoPaulo[email protected]O Instituto Ideal recebeu nesta terça-feira (13) o National Energy Globe Award Brazil 2014 pelo projeto América do Sol, que tem como foco a disseminação da energia solar fotovoltaica. No total, mais de mil projetos de todo o mundo se inscreveram para competir nas categorias nacionais de 161 países do Prêmio Energy Globe Award.

A cerimônia foi realizada durante o Seminário Energia + Limpa, evento promovido pelo Ideal e pela UFSC, em Florianópolis-SC. Na ocasião, o Cônsul Comercial da Áustria no Brasil, Ingomar Lochschmidt, da Advantage Austria (Agência de Promoção do Comércio Exterior da República da Áustria), entregou o certificado à gerente de projetos do Ideal, Paula Scheidt Manoel, responsável pelo América do Sol.

“O Prêmio Energy Globe surgiu em 1999 pelo austríaco Wolfgang Neumann e honra projetos de melhores práticas em sustentabilidade ambiental de todas as partes do mundo”, afirmou o Cônsul. “Orgulhamo-nos, como país, do nosso sucesso em indústrias sustentáveis, tecnologias verdes e um meio ambiente que serve de padrão para muitas partes do mundo. O apoio de Advantage Austria ao Prêmio Energy Globe dá continuidade a esta tradição de sustentabilidade tão central para a Áustria, bem como para os milhões de turistas que visitam nosso país a cada ano”, acrescentou.

O projeto América do Sol, que surgiu em 2008, se tornou um dos principais da organização sem fins lucrativos Instituto Ideal e engloba uma série de ações na área de eletricidade solar. O site América do Sol (www.americadosol.org) concentra diversas informações sobre como adotar a fotovoltaica, além de esclarecer sobre normas da área.

No portal, também estão ferramentas como o Mapa de fornecedores, que facilita a localização de empresas do setor e conta com mais de 300 cadastradas, e o Simulador Solar, que permite o cálculo de potência de um sistema fotovoltaico a ser instalado. Desde o lançamento do Simulador, em março de 2013, foram registradas cerca de 25,6 mil simulações, comprovando o interesse dos brasileiros nesse tipo de energia.

América do Sol também envolve a produção e distribuição de cartilhas gratuitas inéditas sobre a fonte renovável. Outra ação do projeto é o 50 telhados, que te, como objetivo a instalação de pelo menos 50 telhados solares em cada cidade participante, com o apoio de empresas instaladoras.

Para Paula Scheidt Manoel, responsável pelo projeto do Ideal, o prêmio é um reconhecimento ao trabalho que a instituição e seus parceiros vêm desenvolvendo em prol da fotovoltaica. “O América do Sol só chegou aonde chegou porque contamos com o envolvimento de muitas pessoas e de diferentes instituições, que colaboraram fortemente para a consolidação do projeto. Por isso, ele é um exemplo de como as parcerias são importantes para alcançarmos nossos objetivos”, afirmou.

América do Sol é um projeto inédito no Brasil e é realizado com o apoio da Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável, por meio da GIZ e KfW, e do Grupo Fotovoltaica da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Em seus diferentes sub-projetos, teve ainda o apoio de instituições como Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Associação Brasileira de Energia Solar (ABENS) e Grüner Strom Label (GSL), parceiro no Fundo Solar.

O projeto e os premiados dos outros 160 países serão apresentados pelo Energy Globe no dia Mundial do Meio Ambiente nas Nações Unidas (5 de junho). A partir desta data, estarão abertas as inscrições para novos projetos que concorrerão ao Energy Globe Award 2015.

Mais detalhes e inscrições:  http://www.energyglobe.info/.

Outras informações

Gabrielle Bittelbrun
Assessoria de Comunicação – Instituto Ideal (48) 32341757

Energy Globe, Cornelia Kirchweger , T +43-7617-2090-30 [email protected]

Advantage Austria São Paulo, T +55-11-30449944 [email protected]O Instituto Ideal recebeu nesta terça-feira (13) o National Energy Globe Award Brazil 2014 pelo projeto América do Sol, que tem como foco a disseminação da energia solar fotovoltaica. No total, mais de mil projetos de todo o mundo se inscreveram para competir nas categorias nacionais de 161 países do Prêmio Energy Globe Award.

A cerimônia foi realizada durante o Seminário Energia + Limpa, evento promovido pelo Ideal e pela UFSC, em Florianópolis-SC. Na ocasião, o Cônsul Comercial da Áustria no Brasil, Ingomar Lochschmidt, da Advantage Austria (Agência de Promoção do Comércio Exterior da República da Áustria), entregou o certificado à gerente de projetos do Ideal, Paula Scheidt Manoel, responsável pelo América do Sol.

“O Prêmio Energy Globe surgiu em 1999 pelo austríaco Wolfgang Neumann e honra projetos de melhores práticas em sustentabilidade ambiental de todas as partes do mundo”, afirmou o Cônsul. “Orgulhamo-nos, como país, do nosso sucesso em indústrias sustentáveis, tecnologias verdes e um meio ambiente que serve de padrão para muitas partes do mundo. O apoio de Advantage Austria ao Prêmio Energy Globe dá continuidade a esta tradição de sustentabilidade tão central para a Áustria, bem como para os milhões de turistas que visitam nosso país a cada ano”, acrescentou.

O projeto América do Sol, que surgiu em 2008, se tornou um dos principais da organização sem fins lucrativos Instituto Ideal e engloba uma série de ações na área de eletricidade solar. O site América do Sol (www.americadosol.org) concentra diversas informações sobre como adotar a fotovoltaica, além de esclarecer sobre normas da área.

No portal, também estão ferramentas como o Mapa de fornecedores, que facilita a localização de empresas do setor e conta com mais de 300 cadastradas, e o Simulador Solar, que permite o cálculo de potência de um sistema fotovoltaico a ser instalado. Desde o lançamento do Simulador, em março de 2013, foram registradas cerca de 25,6 mil simulações, comprovando o interesse dos brasileiros nesse tipo de energia.

América do Sol também envolve a produção e distribuição de cartilhas gratuitas inéditas sobre a fonte renovável. Outra ação do projeto é o 50 telhados, que te, como objetivo a instalação de pelo menos 50 telhados solares em cada cidade participante, com o apoio de empresas instaladoras.

Para Paula Scheidt Manoel, responsável pelo projeto do Ideal, o prêmio é um reconhecimento ao trabalho que a instituição e seus parceiros vêm desenvolvendo em prol da fotovoltaica. “O América do Sol só chegou aonde chegou porque contamos com o envolvimento de muitas pessoas e de diferentes instituições, que colaboraram fortemente para a consolidação do projeto. Por isso, ele é um exemplo de como as parcerias são importantes para alcançarmos nossos objetivos”, afirmou.

América do Sol é um projeto inédito no Brasil e é realizado com o apoio da Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável, por meio da GIZ e KfW, e do Grupo Fotovoltaica da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Em seus diferentes sub-projetos, teve ainda o apoio de instituições como Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Associação Brasileira de Energia Solar (ABENS) e Grüner Strom Label (GSL), parceiro no Fundo Solar.

O projeto e os premiados dos outros 160 países serão apresentados pelo Energy Globe no dia Mundial do Meio Ambiente nas Nações Unidas (5 de junho). A partir desta data, estarão abertas as inscrições para novos projetos que concorrerão ao Energy Globe Award 2015.

Mais detalhes e inscrições:  http://www.energyglobe.info/.

Outras informações

Gabrielle Bittelbrun
Assessoria de Comunicação – Instituto Ideal (48) 32341757

Energy Globe, Cornelia Kirchweger , T +43-7617-2090-30 [email protected]

Advantage Austria São Paulo, T +55-11-30449944 [email protected]

Cartilha do Ideal é apresentada em Webrádio

mulher-inicio_reduzidaO Guia de Microgeradores Fotovoltaicos, produzido pelo projeto América do Sol do Ideal, foi tema de reportagem da Webrádio Água, do Paraná. A matéria explica que o guia didático e objetivo traz informações sobre o processo de instalação dos sistemas fotovoltaicos, além de reunir informações sobre a eletricidade solar.

Como expõe a reportagem, a linguagem acessível e os recursos de imagem facilitam a compreensão do passo a passo para instalar os microgeradores fotovoltaicos até para quem não tem conhecimentos técnicos. Confira, na íntegra, a matéria da Webrádio Água, que também traz a gerente de projetos do Ideal, Paula Scheidt.

Acesse também, gratuitamente, o “Guia de Microgeradores Fotovoltaicos – Como instalar eletricidade solar em minha casa?“, produzido pelo projeto América do Sol.