Os sistemas fotovoltaicos podem ser instalados em variados locais.
Veja abaixo os principais tipos de instalações:

Ilustração do sistema fv conectado a rede

Em edificações conectadas à rede

Este é o tipo mais comum de instalação fotovoltaica, o qual, normalmente, substitui revestimentos arquitetônicos de edificações, como telhados e fachadas, ou se sobrepõe a estes. A energia gerada pode ser injetada na rede elétrica de nossas cidades.

Veja abaixo uma animação explicando o funcionamento de um sistema conectado à rede elétrica.

Saiba como funciona a energia solar fotovoltaica


Clique aqui para ver essa animação em um tamanho maior.

Em áreas isoladas

sistema fv off-grid

São instalados em áreas de difícil acesso à rede elétrica. Neste caso, o sistema fotovoltaico é a única fonte de eletricidade e é necessário o uso de baterias para armazená-la. Podem gerar energia para apenas uma residência ou estar em minirredes para atender a uma pequena comunidade. Em sistemas híbridos – neste caso, a geração fotovoltaica funciona em conjunto com outras fontes de energia como a eólica ou motores a diesel. Esses sistemas são mais complexos, pois exigem um controle capaz de integrar as diferentes formas de geração de energia. Eles podem estar conectados à rede, isolados ou apenas ter o apoio da rede.

 

 

Ilustração usina FV

Em centrais fotovoltaicas

Também conectadas à rede, produzem uma grande quantidade de eletricidade em um único ponto. O tamanho da usina varia de alguns a dezenas de megawatts. Normalmente estão próximas a indústrias que exigem maior consumo de energia.

 


Em bens de consumo

calculadora solarAs células fotovoltaicas ainda podem ser aplicadas em diversos equipamentos elétricos, como relógios, calculadoras, mochilas, brinquedos, carregadores de bateria e até estacionamentos para dar carga aos carros elétricos. Outras aplicações incluem sistemas de irrigação, sinalização em rodovias, postes e telefones públicos.